NOTÍCIAS & DICAS

» Lixo residencial reciclável reduzirá valor na conta de energia

 

Como o Correio adiantou em junho, o projeto piloto vai atuar inicialmente em Mangabeira, Cristo Redentor, Rangel, Jaguaribe e Cruz das Armas/Oitizeiro, na Capital. Já em Campina Grande, será realizado no Bodocongó e Ramadinha. Na próxima segunda-feira, equipes da Energisa vão iniciar uma campanha educativa para orientar os moradores de Oitizeiro sobre o início do projeto e como eles podem participar.

De acordo com a coordenadora de projetos de eficiência energética da Energisa, Carla Petrucci, as pessoas que aderirem ao projeto vão receber uma espécie de cartão de crédito para controlar o quanto adquiriram em bônus. Os resíduos entregues terão os descontos aplicados já na fatura seguinte. Se o total arrecadado e entregue no posto de coleta for superior ao valor da fatura, o restante ficará reservado no cartão e descontado na próxima fatura.

“Em agosto, fizemos um teste com um ponto de coleta na sede da empresa para os funcionários para ajustar possíveis falhas antes de iniciarmos o projeto para a população. Deu tudo certo e serviu para os colaboradores se engajarem no projeto e multiplicarem a ideia. O primeiro ponto de coleta externo estará no estacionamento do supermercado Bem Mais, em Oitizeiro. Estamos negociando com outros parceiros para atender em todos os bairros previstos no projeto piloto até o fim deste ano”, explicou.

Apesar de iniciar apenas em um ponto, ela esclareceu que qualquer pessoa da cidade pode levar os resíduos ao local. O lixo reciclável poderá ser entregue de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30. Ela contou que em Campina Grande o ponto de coleta para os funcionários da empresa também está funcionando e ainda este mês o ponto externo será instalado.

“Nossa expectativa é que 20% da população do bairro se cadastre e cada morador atinja cerca de 15 quilos de resíduos por mês. O valor que eles vão conseguir descontar deverá variar muito de acordo com o tipo de material, já que cada um tem seu preço de mercado”, disse Carla Petrucci. Ela esclareceu ainda que foi firmada parceria com uma empresa recicladora que compra o material do cliente e paga à Energisa, que por sua vez devolve em bônus na fatura, sem obter lucros  com o repasse.

Ela lembrou que o projeto piloto será realizado por 12 meses nos bairros já definidos, mas a expectativa é que, no final do período, seja ampliado para outros bairros e cidades do Estado. Carla destacou, ainda, que o projeto já existe no Ceará, Maranhão, Rio de Janeiro e São Paulo, e já demonstrou bons resultados

Fonte: site www.portalcorreio.com.br
http://portalcorreio.uol.com.br/noticias/economia/economia-popular/2012/09/05/NWS,214285,10,194,NOTICIAS,2190-LIXO-RESIDENCIAL-RECICLAVEL-REDUZIRA-VALOR-CONTA-ENERGIA.aspx

 

INDIQUE UM AMIGO

Rua Vc 02, Qd 1 Lts 3 e 4 - Distrito Industrial, Santa Rita / PB, Cep: 58301-645
Fone: (83) 3229-3145 E-mail: contato@pepreciclagem.com

Edgar Pinheiro